CPI do pedágio é aberta em Limeira

68

Favari Filho

Os condutores pedem diminuição do valor cobrado de R$ 2,50 para R$ 0,60 e isenção de taxa para veículos das cidades
Recentemente prefeitura de Limeira cogitou terceirizar os serviços na rodovia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possíveis irregularidades na arrecadação e destinação dos valores arrecadados com a cobrança de pedágio na Rodovia Dr. Cássio de Freitas Levy, Limeira-Cordeirópolis, recebeu a sétima assinatura e deve ser instaurada em breve.

“A abertura desta CPI é importantíssima para sabermos onde está sendo investido o dinheiro do Pedágio instalado na Rodovia. Os trabalhos da Comissão serão iniciar e estarei engajado em investigar minuciosamente todos os contratos feitos pela administração municipal e pagos com o dinheiro do pedágio”, disse o vereador de Limeira José Eduardo Monteiro Júnior (Jú Negão).

Há muitos anos, o Grupo JC vem debatendo a situação da rodovia. Moradores de Cordeirópolis, que dependem da rodovia para trabalhar e/ou estudar, se queixam das condições do trajeto, que apresenta problemas com sinalização, asfaltamento, além da ausência de duplicação, o que causou inúmeros acidentes – alguns deles fatais – ao longo dos anos.

Vereadores de Cordeirópolis também se engajaram na busca por explicações sobre como e onde o dinheiro arrecadado é empregado. O vereador Alceu Guimarães destacou que a abertura da CPI é “uma luz no fundo do túnel”.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: