Com problemas financeiros, time de Limeira encerra atividades

120

Matheus Pezzotti

A crise financeira dos clubes de basquete no país está cada vez maior. Na última quinta-feira (17), dois dias depois da ficar de fora dos playoffs do Campeonato Paulista, o Limeira encerrou as atividades do seu time adulto e não disputará a próxima edição do Novo Basquete Brasil (NBB) por falta de recursos financeiros.

Neste Paulista, o Limeira esteve no Grupo A, mas não conseguiu se classificar para os playoffs
Neste Paulista, o Limeira esteve no Grupo A, mas não conseguiu se classificar para os playoffs

Na última edição da competição, chegou pela primeira vez às semifinais. O presidente do Limeira e da Liga Nacional de Basquete (LNB), responsável pela organização do NBB, Cássio Roque, não comentou sobre o fim do time, mas apenas informou que haverá uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira, às 9h, para falar sobre o assunto.

Depois de serem informados sobre a decisão através de uma reunião com a diretoria e o técnico Dedé Barbosa nessa quinta-feira, os jogadores da equipe já foram liberados para procurar outros clubes. O time de Limeira é o segundo a desistir da competição, já que o Palmeiras, antes mesmo do início do Paulista, havia comunicado desistência pelo mesmo motivo. Na última edição do NBB, Limeira teve Dedé como técnico, um dos destaques da competição.

O time liderou por algum tempo a tabela do nacional, mas acabou eliminado pelo Flamengo nas semifinais. Jogadores foram revelados e se consolidaram, chegando a disputar a Copa América e os Jogos Pan-Americanos com a seleção brasileira, como o armador Deryk Ramos e o pivô Rafael Mineiro. Este, foi emprestado para o time de Bauru, antes de ser decretado o fim da equipe limeirense, para a disputa do Mundial, no final do mês, contra o Real Madrid e deve acertar vínculo com Bauru em definitivo. O mesmo deve acontecer com Deryk.

A tabela do NBB 8 já havia sido divulgada com 16 times e precisará de ajuste. Ainda não se sabe se o campeonato terá 15 times ou se um novo convite será feito para outra equipe. A princípio, a competição começa no dia 3 de novembro, com o confronto entre o Flamengo, atual campeão, e o Bauru, em uma reedição da última final, quando o time do Rio de Janeiro conquistou seu tricampeonato. O Rio Claro Basquete também estreia na oitava edição do campeonato nacional neste dia, contra a Liga Sorocabana, às 20h, no ginásio Felipe Karam.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: