Chuva traz frio e melhora a umidade relativa do ar

96

Ednéia Silva

No termômetro do Jardim Público, por volta das 10h dessa quinta-feira (10), a temperatura registrada foi de 18 ºC
No termômetro do Jardim Público, por volta das 10h dessa quinta-feira (10), a temperatura registrada foi de 18ºC

A chuva veio, mas não com a intensidade esperada. Apesar disso, serviu para molhar um pouco o solo, apagar a poeira e trazer o frio que ainda não tinha se apresentado neste inverno. No entanto, para esta sexta-feira (11), a previsão de chuva é pequena, com probabilidade de apenas 5%.

De quarta até às 10h de quinta-feira (10) choveu apenas 10,6 mm (milímetros), segundo medição feita pela estação meteorológica do Ceapla (Centro de Análise e Planejamento Ambiental) da Unesp (Universidade Estadual Paulista). O técnico da estação, Carlo Burigo, disse que, para compensar o longo período de seca, seria preciso chover pelo menos 300 mm.

Mas isso não deve acontecer tão cedo. A previsão de chuva para esta sexta-feira (11) é de apenas 5%, segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). O dia deve ser parcialmente nublado, com sol entre poucas nuvens. O baixo índice de precipitação deve ser mantido até terça-feira (15). Nesse período, a temperatura deve variar entre 8ºC e 24ºC.

Com isso, a reposição do lençol freático não deve ocorrer tão cedo. Burigo informa que a pequena quantidade de chuva é comum nesta época do ano. Entre julho, agosto e setembro, geralmente chove menos de 50 mm. A previsão é de que somente em outubro as chuvas voltem com intensidade. Contudo, o chuvisqueiro serviu para melhorar o índice de umidade relativa do ar, que nessa quinta-feira (10) de manhã atingiu 100% e à tarde girou em torno dos 70% e 80%. O clima deve continuar ameno até terça-feira (15), com temperatura mínima variando de 9º a 10ºC e a máxima na casa dos 25ºC.

Neste ano, Rio Claro registrou o semestre mais seco dos últimos 20 anos. De acordo com o Ceapla, até 25 de junho choveu 405,8 mm contra 902,4 mm no mesmo período do ano passado. A última chuva mais forte no município ocorreu no dia 23 de maio, com 36,3 mm.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: