Centro Dia do Idoso será entregue à comunidade na quinta-feira(30)

341

A prefeitura de Rio Claro entrega oficialmente para a comunidade na quinta-feira (30), às 14 horas, o Centro Dia do Idoso “Dr. Edmundo José Velasco Castro”, localizado na Estrada dos Costas, Rua 11-JP com a Avenida 13-JP, no bairro Jardim Esmeralda, zona sul da cidade. O novo Centro Dia recebeu investimentos da ordem de R$ 1 milhão. A administração é feita pelo Instituto Viver e Conviver, sob a supervisão da prefeitura.

“É motivo de muita alegria inaugurar mais um Centro Dia. Temos uma população idosa cada vez maior e é importante investir em programas e equipamentos como esse para oferecer um atendimento de qualidade a esse público”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

O serviço tem capacidade para atender 60 idosos semidependentes com idade igual ou superior a 60 anos em período integral: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30. Eles passam o dia na unidade onde são atendidos por equipe psicossocial, além de participar de oficinas e atividades socioeducativas.

“A prioridade do atendimento é para aqueles cujas famílias não têm condições de dar atenção e cuidado durante o dia, pois precisam trabalhar ou estudar. Após passar todo o dia no centro, os idosos retornam para suas casas sem perda dos vínculos familiares”, explica a secretária municipal do Desenvolvimento Social, Érica Belomi.

A secretária informa que as vagas são ofertadas preferencialmente para os idosos que residem no território do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Jardim Brasília, que abrange também os bairros Jardim das Palmeiras, Guanabara, Esmeralda, e outros bairros daquela região. Os interessados devem procurar o CDI para obter informações.

Esse é o segundo CDI de Rio Claro. O primeiro, Centro Dia do Idoso “Padre Augusto Casagrande”, foi inaugurado em 1999 e funciona na Avenida 40, 1.610, no bairro Vila Operária.

 

Sobre o médico

Edmundo José Velasco Castro nasceu em 7 de julho de 1930, na cidade de Independência, na Venezuela, e faleceu em 11 de maio de 2016, em Rio Claro. Iniciou o curso de medicina na década de 1950 na Venezuela que foi concluído no Brasil, na Universidade de São Paulo (USP). Em 1952 casou com a professora Maria Nelly Martinelli. Em 1953 retornou à Venezuela onde, em 1955, nasceu seu primeiro filho Edmundo. Em 1956 mudou-se para o México para fazer especialização em cardiologia, onde nasceu sua filha Nelita. Velasco voltou para a Venezuela em 1959 onde nasceu o seu filho caçula, César Antonio. Em 1964, o médico e a família retornaram ao Brasil e fixaram residência em Rio Claro. Na Cidade Azul, Dr. Edmundo continuou sua carreira abrindo a Clínica Cardiológica Dr. Velasco. Viúvo, casou-se em segunda núpcias com Rosana Aparecida Pereira.

Edmundo Velasco foi o primeiro médico com especialização em cardiologia de Rio Claro e região. Em 1967 criou o Centro de Estudos Médicos de Rio Claro e, em 1971, foi co-fundador da Unimed de Rio Claro onde atuou por 45 anos. Foi chefe do Departamento de Cardiologia da Santa Casa por 25 anos, onde também foi diretor clínico e diretor técnico. Em 13 de setembro de 1980 recebeu o título de “Cidadão Rio-clarense” concedido pela Câmara Municipal. Em dezembro de 1986 tornou-se “Cidadão Emérito” da cidade pelos inúmeros serviços prestados à comunidade rio-clarense.

 

DEIXE UMA RESPOSTA