Carreta da Mamografia começa a atender em Rio Claro

108

Da Redação

Mulher faz exame em uma Carreta da Mamografia (foto José Lopes Jr./Imprensa Estado). Em Rio Claro, atenderá já no dia 8
Mulher faz exame em uma Carreta da Mamografia (foto José Lopes Jr./Imprensa Estado). Em Rio Claro, atenderá já no dia 8

Agora está confirmado. A Carreta da Mamografia chegará a Rio Claro no dia 8 de agosto. A carreta móvel do programa “Mulheres do Peito” ficará estacionada no pátio da Igreja da Boa Morte por alguns dias. O horário de atendimento será das 9 às 19 horas, de segunda a sexta-feira, e das 9 às 13 horas aos sábados. O serviço irá atender mulheres que precisam fazer mamografia.

De acordo com o programa, mulheres acima dos 50 anos não precisam de pedido médico para fazer o exame da mamografia na carreta. Mulheres fora dessa faixa etária, ou seja, com menos de 50 anos também poderão fazer a mamografia, mas precisarão apresentar pedido médico e cartão SUS. O atendimento é gratuito.

De segunda a sexta-feira serão distribuídas 50 senhas de atendimento e, aos sábados, 25. As imagens captadas pelos mamógrafos serão encaminhadas para o Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (Sedi), que emite laudos a distância da capital paulista. O resultado sairá em até 48 horas após o procedimento. Se houver sinais de câncer, ela será encaminhada a um serviço de referência do SUS para fazer o tratamento.

Além da mamografia, a carreta também está equipada para fazer exames de ultrassonografia e punção por agulha fina (PAF). Porém, é importante ressaltar que esses exames somente são realizados para completar o diagnóstico apontado pela mamografia, não serão feitos em separado.

O objetivo do programa “Mulheres de Peito”, da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, é rastrear ativamente o câncer de mama e incentivar a realização de exames preventivos para detecção precoce da doença. Além disso, visa suprir a demanda reprimida, mas também diminuir o tempo de espera para a realização de mamografia.

A carreta possui 15 metros de comprimento, 4,10 metros de altura e, quando aberta, 4,90 metros de largura. Além de mamógrafo, cada veículo é equipado com aparelho de ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antena de satélite, computadores, mobiliários e sanitários.

As unidades móveis de mamografia contam com uma equipe multidisciplinar composta por técnicos em radiologia, profissionais de enfermagem, funcionários administrativos e um médico ultrassonografista.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: