Calouros da Unesp são orientados sobre dengue

80

Divulgação

As larvas do mosquito crescem e se transformam no inseto em locais com água limpa
As larvas do mosquito crescem e se transformam no inseto em locais com água limpa

Perto de 200 calouros do Instituto de Biociências da Unesp assistiram às orientações do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) sobre o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

Nesta época do ano, os estudantes procuram imóveis para alugar e precisam conhecer as formas de eliminação das larvas do mosquito para impedir que eles consigam se reproduzir. Através de slides, o IEC- Informação, Educação e Comunicação, departamento ligado ao CCZ, mostrou o ciclo de reprodução do Aedes e orientou os jovens para que fiquem atentos à presença das larvas em recipientes com água.

Material informativo foi distribuído com alerta sobre os locais onde as larvas podem se esconder e também os principais sintomas da doença.

DEIXE UMA RESPOSTA