Autor mirim lança primeiro livro em Rio Claro

534

No sábado (1º), a Livraria Lumos do Shopping Rio Claro promoveu o lançamento do livro “O Relógio que Perdeu as Horas”, criado por Luigi Epiphanio Venturoli.

Aos 2 anos e meio, Luigi foi diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista (TEA), junto ao irmão gêmeo Giuliano.

As características encontradas foram: dificuldade de comunicação verbal e não verbal, o entendimento literal de tudo, a dificuldade na imaginação e no brincar, entre outras. Nas crianças com TEA, a criatividade e imaginação devem ser estimuladas para que venham à tona.

A leitura sempre foi um hábito na casa dos meninos. A mãe, Patricia, e o pai, Marcelo, sempre gostaram de ler para eles, estimulando a imaginação das crianças, principalmente na hora de dormir. Eles se alfabetizaram espontaneamente, Luigi aos 3 anos e 6 meses e Giuliano aos 4 anos, invertendo o hábito da leitura e passando a ler para seus pais a partir dos 5 anos.

Na época da criação desse livro, os temas favoritos das crianças eram relógios. O relógio-cuco do tio-avô Humberto era alegria total e, sempre que chegavam ao Orquidário, onde o relógio estava, o querido tio posicionava o ponteiro às 12h para o cuco aparecer.

Luigi criou personagens e contou uma história à mãe, aos 7 anos. Ela registrou a história no computador e, com com a ajuda da Aluzazul e o patrocínio da Korin Agropecuária e do avô Hélio Epiphanio, o livro saiu, com ilustrações de Juliana Lie Hirata.

DEIXE UMA RESPOSTA