Artista rio-clarense expõe nesta quinta

129

Carine Corrêa

Monaco é original e desde o início de sua carreira as cores e as formas se repetem em suas obras
Monaco é original e desde o início de sua carreira as cores e as formas se repetem em suas obras

A exposição das obras do artista rio-clarense Danilo Monaco estará disponível para visitação gratuita a partir desta quinta-feira (21), no Centro de Formação Bauhaus, em Piracicaba. A exposição intitulada ‘Cenários’ poderá ser apreciada até o dia 15 de agosto. Danilo tem traços originais e iniciou sua carreira em 1980.

Foi naquela época que Monaco descobriu seu talento para as artes plásticas: se antes o artista rabiscava bloquinhos de papel com caneta ‘Bic’, agora ele expressa suas emoções em telas. As técnicas utilizadas pelo artista rio-clarense contam com a utilização de materiais recicláveis e luminárias.

20 anos

No ano passado, Danilo completou 20 anos de carreira. Para comemorar as duas décadas de sua trajetória artística, ele reuniu algumas de suas obras no Casarão da Cultura em Rio Claro. Para ele, seu trabalho está em constante expansão, assim como o universo. “Estou bastante feliz com a exposição e espero sinceramente que o público aprecie; nos últimos meses estive trabalhando incessantemente na composição de novos trabalhos, que podem ser vistos nessa mostra na Bauhaus”, pontuou Danilo.

Reconhecimento

Entre os títulos de reconhecimento pelo seu trabalho, o artista acumula a medalha de ouro na categoria Arte Contemporânea no 27º Salão de Artes Plásticas de Rio Claro. O prêmio foi conquistado no ano de 2009. Sua obra passou a integrar o acervo da Pinacoteca Municipal da Cidade Azul. No ano de 2013 obteve outro reconhecimento no 72º Salão Ararense de Artes Plásticas, onde garantiu a medalha de bronze. No ano seguinte conquistou menção honrosa na 73ª edição do evento. Além disso também garantiu a Medalha de Ouro pelo Conjunto/Contemporânea na XIV Mostra de Artes Novos Olhares – Rio Claro no ano de 2014.

Traços únicos

A descrição do artista é posta da seguinte forma: originalidade. “É possível perceber em suas telas a sinceridade de um observador de seu tempo, capaz de produzir as mais diversas sensações. Desde o início de sua carreira, as cores e as formas se repetem”, diz texto de avaliação do artista.

Onde?

Obras estarão expostas no Centro de Formação Bauhaus, na Rua José Pinto de Almeida, nº 258, em Piracicaba.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: