Adultos também devem tomar vacinas obrigatórias

164

Ednéia Silva

Quando crianças, os pais se preocupam em deixar em dia o calendário de vacinação dos filhos. Mas quando crescem e se tornam independentes, os adultos raramente lembram que precisam tomar vacina por considerar que a imunização é necessária apenas para as crianças. Mas isso não é verdade. Adultos também devem tomar vacina. Dos 20 aos 59 anos, a pessoa tem que se vacinar contra sarampo, caxumba, rubéola, hepatite B, difteria e tétano.

As pessoas adultas também têm um calendário de vacinas obrigatórias que deve ser seguido (foto Agência Brasil)
As pessoas adultas também têm um calendário de vacinas obrigatórias que deve ser seguido (foto Agência Brasil)

Mas nem todas as vacinas necessárias estão disponíveis na rede pública de Saúde. A Fundação Municipal de Saúde de Rio Claro informa a relação de vacinas que devem ser tomadas na vida adulta e que são fornecidas gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde). De acordo com a autarquia, as mulheres grávidas devem tomar as vacinas contra hepatite B (três doses), influenza (dose única) e sarampo, caxumba e rubéola (dose única). Essa última deve ser tomada após o parto no período de puerpério. A vacina contra a gripe pode ser tomada em qualquer fase da gestação.

Entre 20 e 59 anos, as vacinas indicadas são contra hepatite B (pessoas com até 49 anos), tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola – pessoas nascidas a partir de 1960), e febre amarela para quem mora ou for viajar para regiões onde houver indicação. Nesse caso, a dose de reforço deve ser tomada a cada dez anos. No caso da hepatite, são três doses, sendo a segunda dois meses após a primeira e a terceira de quatro a seis meses após a primeira.

Os idosos, pessoas com 60 anos ou mais, devem tomar vacina contra febre amarela com reforço a cada dez anos, influenza (anual) e hepatite. A Fundação de Saúde destaca ainda que vacina pneumocócica 23-valente é indicada para os idosos que vivem em instituições fechadas como abrigos, asilos, casas de repouso, hospitais etc. Todas essas vacinas estão disponíveis nas unidades de saúde do município.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: