Abaixo-assinado pede volta dos trens de passageiros

164

Favari Filho

Irineu Carlos de Oliveira Prado é filho e neto de ferroviários e acredita que a reativação do trem de passageiros vai beneficiar não apenas o município de Rio Claro, mas toda a região.
Irineu Carlos de Oliveira Prado é filho e neto de ferroviários e acredita que a reativação do trem de passageiros vai beneficiar não apenas o município de Rio Claro, mas toda a região.

Desde que pararam de circular no interior, os trens de passageiros deixaram a sensação de que algo importante ficou para trás em um lugar remoto da história recente. Os municípios da região em que circula o Jornal Regional têm influências diretas com a estrada de ferro e devem muito do progresso obtido no início do século XX aos trilhos, a partir dos quais as cidades começaram a se formar e a se desenvolver.

O advogado Irineu Carlos de Oliveira Prado é um entusiasta pela volta dos trens de passageiro. Filho e neto de ferroviários, carrega uma paixão intrínseca pela ferrovia e, a partir de uma reportagem que leu em um jornal de circulação nacional – que dizia que o governo estadual, através da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) tinha intenção de reimplantar trens de passageiros entre a capital e Americana – iniciou uma empreitada junto a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Rio Claro para incluir a Cidade Azul no roteiro.

Recentemente, com o apoio de várias entidades do município e demais cidades da região como Limeira, Santa Gertrudes e Cordeirópolis, o desembargador do Tribunal de Justiça aposentado lançou oficialmente junto a OAB o abaixo-assinado, cuja ideia é coletar o maior número possível de assinaturas para sensibilizar as autoridades a incluir Rio Claro na primeira etapa do projeto do governo estadual na implantação da linha de trens metropolitanos.

Oliveira Prado, que além de colecionador de miniaturas é também ferreomodelista, deixa transparecer sua satisfação ao ver que mais pessoas aderem ao movimento de trazer de volta os trilhos e não mede forças para seguir adiante, tanto que, na próxima segunda-feira (06), o advogado deve usar a Tribuna Livre da Câmara dos Vereadores de Limeira para angariar mais apoio para o abaixo-assinado.

Para os interessados em participar do documento que visa trazer o trem para a cidade, o advogado informa que haverá uma sala no Shopping Center Rio Claro aberta durante todo o expediente na qual constará um livro de assinaturas. Outros locais como redações de jornais, Associação Comercial e Industrial de Rio Claro (Acirc) e escritórios particulares dos advogados também serão pontos de coleta.

Para o secretário geral do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias Paulistas, José Antônio Matias, o abaixo-assinado é de extrema necessidade e precisa contar com o apoio de todos os rio-clarenses e demais moradores da região. “Se não houver mobilização da sociedade, não haverá retorno do Executivo. As rodovias estão saturadas e o transporte rodoviário além de mais caro tem um risco maior de acidentes”, expõe.

Matias vê a ideia da volta dos trens com bons olhos e parabeniza a iniciativa da OAB de Rio Claro e do advogado Irineu Carlos de Oliveira Prado, contudo salienta a necessidade de audiências públicas para debater e ampliar a discussão acerca do assunto. “O retorno dos trens de passageiros é importante para a geração de empregos e para a indústria ferroviária”, completa.

Em nota ao Grupo JC, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) disse que, atualmente, passa por análise no Conselho Gestor da Parceria Público Privada (PPP) a Manifestação de Interesse da Iniciativa Privada (MIP) dos trens regionais, apresentada para o governo Estadual pelas empresas BTG Pactual e EDLP – Estação da Luz Participações.

1 COMENTÁRIO

  1. PELA REATIVAÇÃO DOS TRENS DE PASSAGEIROS EM SP JÁ, MAS INFELIZMENTE NOSSOS POLÍTICOS NÃO DEIXAM, COMEM NAS MÃOS DAS EMPRESAS DE ÔNIBUS

Qual sua opinião? Deixe um comentário: