​Espaço Mais Saúde já fez 8 mil atendimentos e zerou três filas

335

Com mais de oito mil pacientes atendidos, o Espaço Mais Saúde da prefeitura de Rio Claro completou seis meses de funcionamento. Neste período, foram zeradas filas para exames vasculares e consultas com otorrino e ortopedista. Alguns pacientes, como Sislene de Andrade Rosa da Silva, estavam aguardando há muito tempo por atendimento. “Foram sete anos esperando pela cirurgia vascular”, relembra. Agendada para o Mais Saúde, Sislene passou pelos dois procedimentos cirúrgicos necessários, em dezembro e janeiro. “Fui muito bem atendida, os profissionais foram atenciosos e estou muito satisfeita”, destaca.

O complexo médico-hospitalar entrou em atividade no dia 20 de setembro, como uma iniciativa inédita no interior do estado de São Paulo, para realização de consultas, exames e cirurgias de média e baixa complexidades em 18 especialidades. Nesse período, tem sido essencial para o município reduzir filas de espera no SUS. “O desafio é grande, mas os resultados até aqui nos entusiasmam a continuar lutando pela saúde e tratando o setor como prioridade em nosso governo”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Marilice Ferreira Prado, que estava com o joelho imobilizado e precisava de cirurgia, é outra paciente que aprova o atendimento no Espaço Mais Saúde. “Os remédios que eu vinha tomando já não faziam mais efeito, mas, finalmente, tive a cirurgia realizada”, explica. “Fui muito bem atendida no Mais Saúde, da recepção ao médico, todos muito atenciosos”, conta.

Nos casos das filas já zeradas, como os exames vasculares (com 730 atendimentos até agora), e as consultas com otorrino (533) e com ortopedista (750), o atendimento no Espaço Mais Saúde continua para a demanda de pacientes do mês, sem mais longas esperas para o agendamento. No início de março o serviço também iniciou atendimento para exames de mama, com atendimento até agora de 373 mulheres.

“Além da diminuição das filas de espera, nossos esforços são para o atendimento de qualidade e um alto padrão de acolhimento”, explica o secretário de Saúde, Djair Francisco, informando que os pacientes do complexo médico-hospitalar são chamados por telefone pela Central de Regulação do SUS em Rio Claro, sob a supervisão da Secretaria Municipal de Saúde.

A orientação da prefeitura para quem ainda não foi chamado é procurar a unidade municipal de saúde pela qual foi feito o encaminhamento da consulta, exame ou cirurgia. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3522-3600.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: