Tika lança EP no Festival de Inverno

37

 

Lourenço Favari

Tika por José de Holanda
Tika integra time de artistas da chamada nova música popular brasileira

Em divulgação do primeiro EP homônimo, a cantora e compositora Tika realiza um pocket show nesta quinta-feira (6), às 21 horas, dentro da programação do Festival de Inverno de Rio Claro, que acontece no Casarão da Cultura. A entrada é gratuita.
Em um formato intimista, com voz, violão e baixo, a cantora será acompanhada pelos músicos de Rio Claro, Emílio Moreira e Netão Lombada. “Quis prestigiar os músicos da cidade”, disse à equipe do Jornal Cidade sobre os instrumentistas.
Natural de Rio Claro, a cantora vive em São Paulo desde 2012 e já dividiu o palco com diversos artistas. “O show de lançamento do disco, no Festival Contato, em São Carlos, teve a participação do Otto”, comenta, referindo-se ao cantor, compositor e percussionista egresso das bandas Nação Zumbi e Mundo Livre S/A.

15254274751_2dee99e57e_o (1)
Tika ao lado do cantor Otto

DISCO
Intitulado “Tika”, o EP foi lançado em 2014 e conta com participações de artistas como Rodrigo Campos, Pipo Pegoraro, Thiago França, Emílio Martins, além de Tatá Aeroplano, um dos fundadores da cultuada banda da cena musical paulistana “Cérebro Eletrônico”.
Com influência de música brasileira e experimental, o disco conta com quatro faixas, foi produzido por Fernando TRZ e coproduzido por Tika e Pipo Pegoraro. A cantora destacou que o trabalho pode ser adquirido no show em Rio Claro por R$ 10. “Em Rio Claro, será o show do lançamento do disco”, diz a artista que é uma das promessas da nova música popular brasileira.

TIKA
Aos 26 anos, Marina Casonato, que adotou o nome artístico Tika, acumula técnica e experiência. Ela começou a cantar ainda criança no coral do colégio. Em seguida, na adolescência, estudou violão e teoria musical em Rio Claro. “Estudei com a Irmã Hermínia [responsável pelo coral no Colégio Puríssimo] e com o maestro Cameron [do Solar das Artes]”, lembra a cantora.

tika_02Ela ficou em Rio Claro até os 18 anos, quando foi para São Carlos onde se formou em música pela UFSCar. “Depois eu fiz canto popular no conservatório em Tatuí”, completa.
Desde 2008 apresenta o show em homenagem à Tropicália com a banda Quizumba. Canta também com a banda Odara, a banda oficial da Festa Odara, eleita em 2014 a melhor festa de música brasileira de São Paulo pelo voto popular do Guia Folha, e na qual já dividiu o palco com Pélico, Bruno Souto, Leo Cavalcanti, Daniel Groove, Gisele de Santi, entre outros.

FAIXA

Ouça a canção “Ele Quem”, primeira faixa do EP “Tika”, lançado em agosto de 2014.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO