Prefeitura de Cordeirópolis quita R$ 2 milhões em dívidas de gestões passadas

104

Divulgação 

A Prefeitura de Cordeirópolis já saldou, de fevereiro à maio de 2017, R$ 2 milhões em dívidas que foram deixadas por gestões passadas. Deste montante, R$950 mil dizem respeito a 2012, quando a Prefeitura deixou de pagar INSS dos servidores durante todo o ano. “Já estamos em 2017 e o pagamento de encargos trabalhistas deve ser considerado sagrado para gestores que dependem o trabalho de seus colaboradores. Ainda mais quando falamos em administração pública, pois temos que dar o exemplo”, destacou o prefeito, Adinan Ortolan.

De acordo com o secretário de Finanças e Orçamento, Japyr Porto, o restante diz respeito a uma dívida que a Prefeitura tinha com o Banco do Brasil, desde o ano de 1996, referente à utilização do serviço de antecipação de recebíveis. “Em janeiro tínhamos uma dívida calculada em R$ 4, 5 milhões e desde que assumimos a Prefeitura temos nos esforçado para diminuir este montante. Com o corte de contratos desnecessários uma melhor gestão dos nossos recursos, hoje é possível negociar nossas dívidas e melhorar a situação financeira da Prefeitura”, destacou o secretário.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO