Piracicaba sedia reunião do Fórum Permanente do Corumbataí

39

Divulgação

A Câmara Municipal de Piracicaba realizou na manhã desta quarta-feira (15), a primeira reunião de 2017, do Fórum Regional Permanente em Defesa do Rio Corumbataí, com a presença de autoridades e representantes de entidades e demais pessoas e organizações voltadas à defesa do meio ambiente. O encontro ocorreu nas dependências do salão nobre “Prof. Helly de Campos Melges”. Os trabalhos foram coordenados pelo vereador José Aparecido Longatto.

Atual presidente do Conselho Fiscal do PCJ e vice-presidente da Câmara Municipal de Rio Claro, o vereador Julinho Lopes chamou a atenção das autoridades presentes para a manutenção das estradas rurais em todos os municípios da região. “É necessário realizar um trabalho de parceria com as usinas e mineradoras, chamar seus representantes e dividir as responsabilidades da manutenção, já que o peso excessivo dos caminhões danifica o leito carroçável das estradas rurais. A construção das caixas secas também é fundamental, pois, além de reter a água, enriquece o lençol freático. Temos que somar esforços para conter as erosões, elas são responsáveis pelos sedimentos que causam o processo de assoreamento dos nossos mananciais”, defendeu o parlamentar.

O secretário Executivo do PCJ (Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), Francisco Lahóz, citou sobre os 27 anos de trabalhos do PCJ, que saiu de 3% para mais de 70% de recuperação da Bacia. Também lembrou, na década de 70, quando ocorreu o movimento da morte do Rio Piracicaba, fato que resultou em diversos debates até a criação do PCJ, em 1989.

A mesa de trabalho foi formada pelo vereador José Aparecido Longatto; o prefeito municipal de Piracicaba, Barjas Negri ; o secretário executivo do Consórcio PCJ, Francisco Lahóz; o secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente de Piracicaba, Rogério Vidal; o presidente do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), José Rubens Françoso; o procurador geral do município, Milton Sérgio Bissoli e o presidente da Ong ECO, Antonio Cesário Longatto. Além dos vereadores: Dirceu Alves (SD), Nancy Thame (PSDB), Marcos Abdala (PRB), Wagner Alexandre de Oliveira, o Wagnão (PHS) e Oswado Airton Schiavolin, o Tozão (PSDB). O presidente da Câmara de Piracicaba, Matheus Erler (PTB) e os vereadores do PSDB, Pedro Kawai e André Bandeira justificaram ausência na reunião.
A mesa estendida contou com a participação do vice-presidente da Câmara Municipal de Rio Claro, José Júlio Lopes de Abreu, do presidente da Câmara Municipal de Corumbataí, Ivanildo Ventura de Siqueira, pelo vereador da mesma cidade, Mauro Degéia; presidente da Câmara Municipal de Ipeúna, Diego Heron Pinheiro e do vereador João Vitor Margarido; vereadora de Itirapina, Elisabete de Oliveira Silva e do vice-prefeito do município de Santa Gertrudes, Glalson Chamon da Silva.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO