Ataques voltam a ocorrer em Fortaleza; oito acabam são presos

258

Estadão Conteúdo

Mais quatro coletivos e três delegacias foram atacados nesta quinta-feira, 20, na Grande Fortaleza. Ao todo, já são 21 veículos do transporte público incendiados. Um cobrador, um motorista e um suspeito estão internados com queimaduras.

Cinco carros que prestam serviço a empresas de distribuição de água e energia elétrica também foram alvos da ação de bandidos. Até o início desta tarde, oito pessoas foram presas, suspeitas de participação nas ações criminosas.

Apesar dos crimes, o secretário de Segurança do Ceará, André Costa, não cogita pedir ajuda da Força Nacional de Segurança. Segundo ele, o policiamento nas ruas de Fortaleza está sendo reforçado com agentes que desempenhavam funções administrativas e por policiais que estariam de folga neste início de feriado de Tiradentes.

As ações coordenadas foram uma retaliação pela transferência de detentos de presídios. Em carta deixada em um dos coletivos, os bandidos ameaçaram explodir prédios públicos e praticar atentados se o governo seguir “mexendo com unidades prisionais”.

COMPARTILHAR

Deixe um comentário