Acusada é absolvida em crime de homicídio contra ararense

675

Lucas Calore

O tribunal do júri do Fórum de Rio Claro decidiu pela absolvição da ré M. A. P. S., indiciada pela autoria do homicídio que vitimou um morador de Araras no ano de 2013 na Estrada de Jacutinga, região rural perto do Rio Corumbataí. A mulher estava em liberdade.

O crime

O ararense Benedito Aparecido Dorice morreu aos 35 anos de idade após ser executado a tiros com uma escopeta calibre 12 na noite do dia 17 de março daquele ano.

Seu corpo foi encontrado dentro de um carro com placa do município vizinho. A Guarda Civil Municipal o encontrou com o rosto desfigurado.

Ele já tinha passagens pela Justiça por estelionato e era conhecido nos meios policiais por conta de golpes que aplicava na compra de veículos financiados.

Júri

O último julgamento deste mês de abril na Comarca Rio Claro está programado para acontecer no próximo dia 25 de abril, também no Fórum do município, no Centro.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO