Renan Riggo

[ARTIGO] Seleção Alemã de Futebol

A Seleção Alemã de Futebol é uma das mais bem-sucedidas de todo o globo. É possível ter uma ideia de seu tamanho se considerarmos que a Mannschaft chegou à oito finais da Copa do Mundo da FIFA e sagrou-se campeã em quatro oportunidades (1954, 1974, 1990 e 2014). Além disto, é o país que mais avançou às seminais do torneio, somando ao todo 13 aparições, o que detém o segundo maior número de vitórias na competição (66), o que obtém o maior número de gols marcados (224) e o que mais vezes jogou na Copa (106 partidas em 18 participações). Mundial à parte, os alemães também chegaram seis vezes à final da Eurocopa, conquistando-a em três oportunidades (1972, 1980 e 1996) e ocupando assim o posto de maior campeã do torneio, junto à Espanha. Os números dos germânicos realmente impressionam e fazem com que eles estejam em uma seleta prateleira do futebol.

A primeira vez que a Seleção Alemã levou para casa a taça de campeã do mundo foi em 1954, ainda sob a denominação de Alemanha Ocidental, na Copa do Mundo disputada na Suíça. A Nationalmannschaft venceu a favorita Seleção Húngara na final disputada no Estádio Wankdorf por 3×2 após reverter um placar desfavorável de 0x2, na partida que ficou conhecida como O Milagre de Berna. Os húngaros contavam com um dos melhores jogadores de todos os tempos, Ferenc Puskás, e na fase inicial do torneio haviam batido os reservas alemães por 8×3. Isto levado em conta, dá para imaginar o tamanho do favoritismo da Hungria e o porquê dos alemães se referirem ao feito como um milagre. Na final, mesmo não estando em sua melhor forma, Puskás colocou seu time na frente com apenas 6 minutos de jogo e dois minutos depois Zoltán Czibor fez o segundo dos húngaros. Tudo parecia perdido. Mas a reação alemã foi rápida e o primeiro tento da Seleção saiu aos 10 minutos de jogo, dos pés de Max Morlock, e aos 19 o segundo foi anotado por Helmut Rahn, igualando o marcador em 2×2. No segundo tempo, faltando 6 minutos para o término do jogo, o mesmo Rahn acertou uma patada da meia-lua após a zaga húngara afastar mal e decretou o triunfo dos alemães, que levaram para casa a Jules Rimet pela primeira vez.

Seleção Alemã campeã do mundo em 1954. Créditos: https://www.imortaisdofutebol.com/2012/11/16/selecoes-imortais-alemanha-1954/

Depois do Milagre de Berna, os alemães só voltariam a conquistar a Copa do Mundo após 20 anos de espera, no torneio realizado em seus domínios. Na final, a Mannschaft venceu a fortíssima Holanda de Johan Cruyff pelo placar de 2×1, em partida disputada no Estádio Olímpico de Berlim. Como havia acontecido em 1954, os donos da casa saíram perdendo novamente. Neeskens, de pênalti, abriu o placar para os holandeses aos 2 minutos de jogo. A Alemanha empatou aos 25, também de pênalti, com Breitner, e virou aos 43 com o seu grande artilheiro Gerd Müller. O terceiro título mundial aconteceria em 1990, após a reunificação do país e dois vices campeonatos consecutivos, em 1982 e 1986. A final de 90 foi disputada no Estádio Olímpico de Roma e o selecionado alemão bateu a Argentina por 1×0. O autor do gol foi Andreas Brehme, que converteu cobrança de pênalti aos 40 minutos do segundo tempo.

Seleção Alemã campeã do mundo em 1974. Créditos: https://www.imortaisdofutebol.com/2012/03/24/selecoes-imortais-alemanha-1972-1974/

O tetracampeonato da Seleção Alemã de Futebol aconteceu no Mundial de 2014, disputado no Brasil. Na ocasião, os germânicos passaram novamente pela Argentina na final da competição, que foi disputada no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Em jogo muito equilibrado, Mario Götze garantiu a vitória alemã apenas na prorrogação, com 113 minutos de jogo disputados. 1×0 Alemanha e festa pelo quarto título da Copa do Mundo da FIFA. Além do caneco, a Seleção Alemã protagonizou um dos maiores massacres da história das Copas do Mundo em partida das semifinais do torneio e impôs aos brasileiros, anfitriões na ocasião, o maior vexame da história do futebol canarinho, superando o Maracanaço em 1950. É claro que faço referência ao 7×1.

Seleção Alemã campeã do mundo em 2014. Créditos: http://delubio.com.br/copa2014/alemanha-campea/

Esta é a Seleção Alemã de Futebol, umas das camisas mais pesadas do universo futebolístico, tetracampeã do mundo e tricampeã da Europa.

Outros posts deste autor
[ARTIGO] Seleção Italiana de Futebol
[ARTIGO] Seleção Uruguaia de Futebol
Final da UEFA Champions League
Ayrton Senna da Silva
Ayrton Senna da Silva (da Fórmula 1, do Brasil, do Mundo)
Nesta semana está difícil falar sobre futebol
Nesta Semana Está Difícil Falar Sobre Futebol

Um comentário

  • Patricia Alves
    12 de julho de 2018 - 20:57 | Permalink

    Lindo texto

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano